Cresce a cada ano a utilização da arbitragem como método privado e adequado à solução de conflitos, sobretudo em questões empresariais, complexas e sofisticadas. Paralelamente, cresce também o Direito da Moda ou Fashion Law.

No universo da moda há grandes conflitos que se estendem há anos nos tribunais de todos os estados. É exatamente aí que entra a arbitragem, pois suas características são muito apropriadas para a resolução de disputas envolvendo temas ligados ao Direito da Moda, somada a maior celeridade e maior confiança nas soluções.

A arbitragem permite às partes escolherem os árbitros que julgarão as questões daquele respectivo litígio, permitindo que a disputa seja decidida por especialistas na matéria, em consonância com o dinamismo deste mercado e resguardando os interesses dos seus atores.

Portanto, a arbitragem se faz imprescindível nesse mercado que precisa de instrumentos mais firmes e que apresentem respostas mais sólidas para as suas demandas.